Warren Mok, tenor

Warren Mok
Tenor

."..técnica sólica, belo timbre e entusiasmo envolvente."
The Guardian

clique para download

Warren Mok é um tenor de Hong Kong, mestre em Música pela Escola de Música de Manhattan, que tem desenvolvido importante carreira internacional.

Foi premiado com a Medalha de Honra do Governo de Hong Kong em 2011 e com o prêmio “Destaque Chinês Mundial” em 2010. Em 2008, recebeu os títulos “Cavaliere della dell'Ordine Stella della Solidarietà Italiana” do Governo da Itália, e “Chevalier dans l'Ordre des Arts et des Lettres” da França.

Desde a sua estreia europeia em 1987 na Deutsche Oper Berlin, Warren Mok tem se apresentado na Opera de Paris, Teatro dell'Opera di Roma, Sydney Opera House, Teatro Comunale di Bologna, Teatro Maggio Musicale Fiorentino, Opera de Nice, Opera de Lyon, Teatro Colón de Buenos Aires, The Netherlands Opera, Ópera de Leipzig, Royal Opera da Dinamarca, Teatro di San Carlos de Lisboa, Seattle Opera, Teatro Bolshoi, Varsóvia Opera, Bergen Opera, Ópera Nacional da Letónia, Lithuanian National Opera, Orlando Opera, Hawaii Opera Theater, New York Carnegie Hall, Royal Albert Hall de Londres, Berliner Philharmonie, Vienna Musik Verein, Tokyo Suntory Hall, National Opera House em Pequim, Grande Teatro de Xangai, Taipei National Concert Hall e Seoul Arts Center. Tem se apresentado em vários festivais em Viena, Wiesbaden, Itália, França, Taiwan, Seul bem como no Festival de Música de Pequim, no Shanghai International Arts Festival, no Singapore Arts Festival e no Festival Internacional de Música de Macau.

Seu repertório operístico ultrapassa 60 papéis, incluindo Calaf (Turandot), Cavaradossi (Tosca), Rodolfo (La Bohème), Don Jose (Carmen), Riccardo (Masked Ball), Radamés (Aïda), Duke (Rigoletto), Alfredo (La Traviata) , Don Carlos, Romeo, Faust, Werther.

Warren Mok tem intensa atuação na Ásia, não apenas como cantor, mas também como produtor e decisor cultural. Ele é o diretor artístico do Festival Internacional de Música de Macau desde 2000, e é o fundador e diretor artístico da Opera Hong Kong. É também conselheiro da Shanghai Opera House, Shanghai Symphony, China National Opera House e do Festival de Música de Pequim.

The Guardian escreveu sobre Warren Mok: "sua técnica é muito sólida, com um belo timbre e um entusiasmo envolvente no palco. A Opera Magazine elogia seu canto como possuindo “um timbre baritonal que ele faz soar generosamente...uma experiência visceral ..."

Em 2012, Warren Mok passou a integras Os Três Tenores da China (com Dai Yu Qiang e Wei Song) em turnê mundial que passou por Nova York, pelas Olimpíadas de Londres 2012, Edinburgh, Colônia, Hong Kong, Macau e várias cidades da China, promovendo o talento chines ao redor do mundo.

Correspondência Rua Conselheiro Nébias, 1501 - 50
São Paulo, SP
01203-002