Marly Montoni, soprano

Marli Montoni
Soprano

"..soprano de timbre quente e caudaloso, com excelente emissão... "
movimento.com

clique para download

Marly Montoni estreou no Teatro Municipal de São Paulo em 2017 como Leonora em Fidelio de Beethoven.

Voltou ao TMSP para interpretar Abigaille em Nabucco, de G. Verdi, Liú em Turandot, de Puccini, como solista na obra El Niño de John Adams e para a estreia paulistana do Requiem de Andrew Lloyd Weber e Meia Lágrima, de Elodie Bouny.

Foi protagonista em Porgy and Bess de G. Gershwin no Palácio da Artes de Belo Horizonte e integrou o Elenco Estável do Theatro São Pedro, onde cantou os papéis de Odaleia em Condor de C. Gomes, Wally em La Wally de A. Catalani, Rainha Elisabetta em Roberto Devereux, de G. Donizetti e a segunda Serva de Der Zwerg, de Zemlinsk.

Performances anteriores no Theatro São Pedro incluem a estreia mundial de O Espelho de Jorge Antunes, como Eufrásia, Fosca (C. Gomes) e Bodas no Monastério (Prokofiev). Também participou da “Série Concertos Internacionais” ao lado do baixo italiano Roberto Scandiuzzi em trechos de Don Carlo de G. Verdi.

Cantou também com a Orquestra Sinfônica de Campinas e em 2014 interpretou Violet da ópera Blue Monday de G. Gershwin no Festival de Ópera do Teatro da Paz em Belém.

Tem trabalhado sob direção musical de Roberto Minczuk, Silvio Viegas, Luiz Fernando Malheiro, André dos Santos, Ligia Amadio, Pedro Messias, e sob direção cênica de Caetano Vilela, William Pereira, Cleber Papa, Mauro Wrona.

Marly é Bacharel em canto pela Universidade Cruzeiro do Sul, aperfeiçoou-se com Antonio Lotti e atualmente prepara seu repertório com Rafael Andrade. 

Correspondência Rua Conselheiro Nébias, 1501 - 50
São Paulo, SP
01203-002