Marcelo de Bratke, pianista

Marcelo Bratke
Pianista

Momentos de uma beleza selvagem, ao mesmo tempo construída com elegância, com sutileza nos deslocamentos rítmicos e um colorido pianístico brilhante.
Bernard Holland - The New York Times

clique para download

Durante esta última década de extraordinárias conquistas e performances, Marcelo Bratke tem se apresentado nas mais prestigiadas salas de concerto do mundo como o Carnegie Hall, o Festival de Salzburg, o Queen Elizabeth Hall, o Wigmore Hall e o Konzerthaus de Berlim.

Cada vez mais envolvido em como a arte pode se engajar no desenvolvimento social, Bratke criou em 2007 a Camerata Brasil, uma orquestra formada pela fusão entre jovens músicos eruditos e populares vindos de áreas desprivilegiadas da sociedade brasileira. Juntos, realizaram grandes turnês nacionais e internacionais que visitaram o Brasil, Argentina, Inglaterra, Alemanha, França, Holanda, Irlanda, Sérvia, Bósnia, Coréia do Sul, Japão e Estados Unidos, onde realizaram um memorável concerto no Carnegie Hall em Nova York aclamado pelo The New York Times, New York Post e Concert Net USA. Marcelo Bratke foi o músico convidado para inaugurar o Auditório Ibirapuera e tocou em ocasiões especiais o Presidente Fernando Henrique Cardoso e para a Rainha Sylvia da Suécia.

Apesar de sempre embasado na tradição da música erudita, Marcelo Bratke é um artista cuja imaginação não é limitada pelas fronteiras do universo da música clássica. Ele tem realizado duetos com grandes músicos da área popular como o pianista britânico de jazz Julian Joseph, o percussionista Naná Vasconcelos, os cantores e compositores Milton Nascimento e Dori Caymmi e as cantoras pop Sandy e Fernanda Takai, bem como em duetos eruditos com a pianista Marcela Roggeri e com as sopranos Rosana Lamosa, Camila Titinger e Patricia Hammond.

Marcelo Bratke está a frente do projeto Villa-Lobos Worldwide, uma campanha nacional e internacional de divulgação da música de Villa-Lobos que inclui a gravação completa de sua obra para piano solo em 8 CDs com a gravadora britânica Quartz, bem como concertos no Brasil, Europa, Estados Unidos e Ásia, conferências, concertos especiais para crianças e apresentações em penitenciárias brasileiras. Bratke é o apresentador do programa semanal Alma Brasileira, sobre Villa-Lobos, da Rádio Cultura FM de São Paulo e realizou, para a TV Arte 1, uma série de oito documentários sobre o compositor.

Marcelo Bratke estudou na Juilliard School of Music em Nova York e entre os diversos prêmios que recebeu, figuram o primeiro prêmio no Concorso Internazionale di Musica Tradate na Itália, o Prêmio Revelação da Associação Paulista de Críticos de Arte, o Prêmio Carlos Gomes, o Classic Discoveries Award na Inglaterra, o Prêmio Brasil na Alemanha 2006, o 14th Brazilian International Press Award, o Srajevo Winter Festival Art of Touch Award 2013 e em 2017 foi agraciado com a Ordem do Mérito Cultural do Ministério da Cultura e Governo Federal. Seu CD dedicado ao Le Groupe des Six foi considerado pela revista britânica Gramophone como uma das melhores gravações eruditas de todos os tempos.

Correspondência Rua Conselheiro Nébias, 1501 - 50
São Paulo, SP
01203-002