Joyce Martins, soprano

JOyce  Martins
Soprano

"Joyce Lima Martins brilhou com os ornamentos escritos para o personagem de Condessa de Boissy: sua voz de soprano coloratura tem grande agilidade, timbre cristalino, acompanhada por inteligência musical e teatral."
Lo Schiavo
Jorge Coli, concerto.com

clique para download

Atualmente, Joyce interpreta Carlotta Giudicelli no musical “O Fantasma da Ópera” em São Paulo.

Debutou nos palcos internacionais no papel de Adina (L’elisir d’amore – G. Donizetti) na cidade de Augusta, Itália. Apresentou-se no Teatro Comunale Luciano Pavarotti em Modena, no Conservatorio Giovan Battista Martini em Bolonha e no Palazzo Capitano del Popolo na cidade de Orvieto com repertório das operas Lucia di Lammermoor e La Traviata.

No Teatro Municipal de São Paulo, interpretou Hanna (A Viúva Alegre – F. Leahr) no “Meu 1º Municipal”, fez parte dos solistas da Missa de Leonard Bernstein e foi dopionni no papel de 1ª Dama (Die Zauberflöte – W. A. Mozart). Atuou como Elisetta (Il Matrimonio Segretto – D. Cimarosa) e Dona Mercedes (Colombo – A. Carlos Gomes) no Theatro São Pedro.
No Teatro Castro Mendes, foi Contessa di Boissy (Lo Schiavo – Carlos Gomes).
Foi Bastienne (Bastiaen und Bastienne – W. A. Mozart) na Sala Mário de Andrade na Praça das Artes.

Foi premiada com a Medalha de Prata no “1st Berliner International Music Competition” (Alemanha), Prêmio Especial no “Concorso Internazionale Lirico Premio Boni” (Itália), vencedora do “V Concurso Jovens Solistas” (OSMG), laureada com a “Medalha Carlos Gomes” (Campinas) e premiada no Concurso “Maracanto“, “Art Livre”e Melhor Intérprete no Concurso Carlos Gomes.

Trabalhou com os maestros Guy Simpson (EUA), Valentina Pellegi e Marcelo Giordanni (Itália), RobertoMinczuk, Ligia Amadio, Roberto Tibiriçá, Roberto Duarte, Victor Hugo Toro e Gabriel Rhein-Schirato, (Brasil), com os diretores cênicos Enrico Stinchelli (Italia), Arthur Masella (EUA), André Heller-Lopes, Caetano Vilela, João Carlos Malatian, Mauro Wrona, Caetano Pimentel, Cleber Papa, Cassio Scapin, Rachel Ripani e Rodrigo Miallaret (Brasil); e com as coreógrafas Denny Berry (EUA), Keila Bueno, Mariana Barros e Olivia Branco (Brasil).

Seu repertório operístico inclui também os papéis de Konstanze (Die Entführung aus dem Serail - Mozart), Rainha da Noite (Die Zauberflöte – Mozart), Marie (La fille du Regiment – Donizetti), Norina (Don Pasquale – Donizetti), Maria (Maria Stuarda – Donizetti), Amina (La Sonnambula – Bellini), Elvira (I Puritani – Bellini), Manon (Manon - Massenet), entre outros.
Seu repertório sinfônico inclui obras como a “Grande Missa em Do menor” e “Regina Coeli” de W. A. Mozart, “Israel in Egypt” e “O Messias” de G. Handel, o “Gloria” de Vivaldi, o “Requiem” de G. Fauré, o “Requiem for the Living” de D. Forrest, o “Magnificat” de J. Rutter, entre outros.

Estudou com Lenice Prioli, Isabel Maresca e atualmente segue orientação vocal de Eliane Coelho. Trabalha repertório com os pianistas Rafael Andrade e Daniel Gonçalves. Foi integrante do Ópera Studio do Theatro Municipal de São Paulo entre 2016 e 2018 sob orientação do maestro Gabriel Rhein-Schiratto. 

Correspondência Rua Conselheiro Nébias, 1501 - 50
São Paulo, SP
01203-002